R. Mourato Coelho, 90 - São Paulo-SP 11 3087-4420 Área Restrita

Monitoramentos

Monitoramento Ambiental

O monitoramento ambiental é utilizado para determinar a ocorrência e a extensão de impactos ambientais relacionados à instalação e à operação de empreendimentos por meio de observações, medições e coletas específicas, e também para verificar a eficiência das medidas mitigadoras executadas. A Mineral realiza monitoramentos de água superficial e subterrânea, sedimentos, ar, ruído, processos erosivos, fauna (terrestre e aquática), flora, ruído, e outros aspectos que podem ser exigidos pelo órgão ambiental ou pelo empreendedor.

monitoramentos

A Mineral implantou e opera duas estações automáticas de monitoramento meteorológico e da qualidade do ar em Caraguatatuba. São monitorados de hora em hora parâmetros como : temperatura, umidade, velocidade e direção do vento, radiação solar, precipitação, concentração de CO, O3, NO, Nox, SO2, MP10 e HC.



monitoramentos

PETROBRAS – Monitoramentos da UTGCA – Monitoramento de Fauna, Flora, Água Superficial, Subterrânea, Sedimentos, Efluentes e Ruídos da Unidade de Tratamento de Gás Monteiro Lobato e do Trecho Terrestre do Gasoduto Marítimo de Mexilhão em Caraguatatuba, litoral do estado de São Paulo.



monitoramentos

PETROBRAS RECAP – Estudo limnológico em dois lagos artificiais situados na área interna da UN-RECAP, através do levantamento dos parâmetros bióticos e abióticos nas estações de chuva e seca. Foram coletadas amostras de água e sedimento para análise dos parâmetros físico-químicos bem como o levantamento da biota aquática: fitoplâncton, zooplâncton, bentos, macrófita aquática, perifíton e ictiofauna.



monitoramentos

PETROBRAS – Programa de Monitoramento de fauna da faixa do GASBEL II, no estado de Minas Gerais, segundo a IN 146 do IBAMA.



monitoramentos

PETROBRAS – Programa de monitoramento de fauna silvestre e subprograma de educação ambiental gasoduto REVAP/RECAP- SP, segundo a IN 146 do IBAMA.



monitoramentos

FRAL CONSULTORIA LTDA – EIA/RIMA com estudo de dispersão atmosférica da ampliação da Usina Rio Pardo, e expansão das áreas de plantio de cana-de-açúcar para seu abastecimento em Cerqueira César (SP).



monitoramentos

RAÍZEN PARAGUAÇU S.A. – EIA/RIMA com estudo de dispersão atmosférica para a ampliação da produção de açúcar, etanol e cogeração de energia elétrica da Unidade Paraguaçu Paulista e expansão das áreas de plantio de cana-de-açúcar para seu abastecimento.



monitoramentos

PETROBRAS – Projeto REVAP – EIA/RIMA, com estudos de dispersão atmosférica e análise de risco do Projeto Modernização da REVAP - Refinaria Henrique Lage, São José dos Campos, SP.



monitoramentos

PETROBRAS – RPBC – EIA/RIMA, com Estudos de Análise de Risco e de Dispersão Atmosférica para Carteira de Diesel (HDT, UGH, UTAA, URE, etc.), Cubatão, SP.



monitoramentos

PETROBRAS – REDUC – EIA/RIMA, com Estudos de Análise de Risco e de Dispersão Atmosférica para a adequação da UDAV, FCC e Casa de Força da refinaria em Duque de Caxias, RJ.



monitoramentos

COMGÁS – Implantação do Plano Básico Ambiental (PBA) do projeto Reforço RETAP com a gestão e auditoria ambiental da implantação de um duto de gás natural com 26 km de extensão entre os municípios de São Paulo e São Bernardo do Campo, com trecho submerso na Represa Billings.



monitoramentos

A Mineral dispõe de uma equipe técnica qualificada em estudos de fauna de forma a fornecer aos seus clientes qualidade e excelência nos serviços prestados.

O monitoramento consiste no acompanhamento da fauna com o objetivo de avaliar as populações ocorrentes em uma determinada região ou habitat. As atividades ocorrem de acordo com as exigências do órgão ambiental fiscalizador, podendo ser executadas antes, durante e após a instalação de um empreendimento potencialmente causador de impacto.



monitoramentos

A Mineral dispõe de uma equipe técnica qualificada em estudos de Flora composta de engenheiros florestais, botânicos e biólogos de forma a fornecer aos seus clientes qualidade e excelência nos serviços prestados.

As atividades consideradas efetivas ou potencialmente causadoras de impactos à Flora estão sujeitas ao licenciamento ambiental, como definido pela Lei n° 6938/81 e pelas Resoluções CONAMA n° 001/1986 e n° 237/1997.



Solicite um orçamento